O que é preciso e como fazer uma Tradução Juramentada?

O que é preciso e como fazer uma Tradução Juramentada?

Você quer saber como fazer uma tradução juramentada? Então esse conteúdo é ideal para você! Embora não tão popular, esse serviço é crucial para quem deseja visitar ou morar em outro país.

Muitas pessoas, no entanto, têm uma série de dúvidas em relação a esse tipo de tradução. Caso tenha ficado curioso para conhecer um pouco mais sobre o assunto, basta continuar essa leitura!

O que significa Tradução Juramentada?

O que significa Tradução Juramentada

A tradução Juramentada é, de forma básica, um serviço onde um documento passa por uma tradução de forma oficial. Há vários tipos de traduções, porém, essa é a única que precisa de vários detalhes.

É comum que muitas pessoas não saibam, mas para um documento nacional ser válido em outros países, é preciso que seja feito essa tradução. O mesmo também vale para documentos de outros países que são usados aqui no Brasil.

Tudo isso, é claro, precisa ser feito de acordo com as regras de cada país do destino. E, além disso, também é possível fazer esse processo em todo tipo de documento, tais como:

  • RG;
  • CNH;
  • Histórico escolar;
  • Qualquer tipo de certidão (nascimento, casamento, óbito, etc.)

Dessa forma, apenas um tradutor oficial é capaz de fazer esse tipo de serviço. Outro tipo de tradução não será aceita, uma vez que não tem fé pública para ser aceita de modo legal em outro país.

Tipos de tradução juramentada

Há dois tipos diferentes de tradução juramentada, que são divididos entre os documentos comuns e especiais.

O documento comum, como o próprio nome sugere, é mais simples e não tem qualquer detalhe técnico de certas áreas. Podem se encaixar nessa categoria os documentos de cunho pessoal, como por exemplo:

  • RG;
  • CPF;
  • Certidão de nascimento, casamento, óbito, etc;
  • CNH;
  • Entre vários outros documentos sem termos técnicos.

Já no caso dos especiais, são aqueles que tem algum termo mais técnico de certa área. Nessa categoria encaixam-se os seguintes tipos:

  • Diplomas escolares;
  • Históricos;
  • Certificados;
  • Boletins;
  • Atestados;
  • Sentenças jurídicas;
  • Divórcios;
  • Mandados;
  • Relatórios científicos;
  • Pesquisas;
  • Exames;
  • Bulas;
  • Entre vários outros documentos escolares, jurídicos, científicos, etc.

Dessa forma, como você pôde ver, a tradução juramentada não é apenas um tipo de tradução. Na verdade, trata-se de uma tradução oficial, para apresentar qualquer documento em outro idioma de modo legal.

Além disso, em certos casos, esse tipo de tradução não apenas serve para fazer valer o seu documento em outro país. Mas como também, faz com que ele possa ser aceito, mesmo sem precisar do original.

Por se tratar de uma tradução oficial, ela é aceita em sua maioria por:

  • Órgãos;
  • Entidades;
  • Consulados;
  • Faculdades;
  • Empresas públicas e privadas.

Caso você queira visitar, estudar, trabalhar ou morar em outro país, então saiba que você deverá fazer essa tradução. Pois, não há outra forma de traduzir um documento com valor jurídico, apenas por meio desse processo.

Isso quer dizer que apenas o tradutor pode traduzir um documento para outros idiomas de forma oficial, como você já sabe.

Como fazer uma tradução juramentada?

Como fazer uma tradução juramentada

O serviço de tradução é igual a qualquer serviço cartorial. Em outras palavras, os cartórios tem fé pública, o que significa que eles podem fazer serviços como confirmar que a cópia de um certo documento é autêntica, etc.

Dessa mesma forma, a tradução juramentada também funciona, contudo, na área da tradução. O que acontece é que os termos cartoriais são adaptados e, por ter fé pública, passa a valer em outros países.

Como dito acima, apenas o tradutor oficial pode fazer esse tipo de serviço. Ou seja, ele precisa ser concursado e nomeado por uma Junta Comercial do estado onde atua, que lhe dará fé pública para fazer a tradução.

Ao contrário do que muitos imaginam, o serviço não traduz só o conteúdo em texto do documento, mas sim vários outros itens, tais como:

  • Selos;
  • Carimbos;
  • Assinaturas;
  • Rubricas;
  • Rasuras;
  • Entre outros elementos necessários.

Por exemplo, assinaturas em diplomas e contratos, embora não possam ser traduzidas, devem ter uma menção. Para que assim seja indicando que o documento original tem uma assinatura.

Além disso, uma tradução desse tipo deve ser feita em papel timbrado oficial, assim como também precisa da assinatura, carimbo e selo do próprio tradutor. Porém, mesmo sendo um documento físico, ela também pode ser feita e usada de modo 100% digital.

O modo digital não muda do impresso, o valor é o mesmo, não importa qual seja a sua versão.

Onde fazer uma tradução juramentada?

Como dito antes, esse processo de tradução é tido como um serviço oficial. Afinal, quaisquer documentos nacionais a ser usado em outro país, ou vice-versa, é essencial passar por esse processo de modo oficial.

As regras tendem a variar de acordo com cada país em questão. Sendo assim, trata-se de um processo um tanto quanto complexo e repleto de detalhes, por isso é vital que a empresa atue de modo oficial.

Ou seja, é preciso que os traduções tenham registro na Junta Comercial do estado onde atuam. Apenas esse registro irá garantir que o seu trabalho é, de fato, oficial.

Portanto, ao escolher uma empresa para fazer uma tradução, é bom certificar de que seja segura e confiável.

Quanto custa uma tradução juramentada?

Não é possível afirma o valor de quanto custa uma tradução juramentada exata. Isso porque, cada tradução tem o seu próprio valor, que varia conforme uma série de fatores.

Como por exemplo, o tipo de documento, a quantidade de palavras e outras questões. Sendo assim, o valor será de acordo com a tabela de preços da Junta Comercial que corresponde ao estado onde será feito o serviço.

Caso você queira ter uma base melhor sobre o valor da tradução, você pode perguntar qual o valor do serviço antes de ser feito, levando em conta essa tabela.

Conclusão

Conclusão

Em suma, agora você já sabe como fazer uma tradução juramentada, não é mesmo? Caso precise de traduzir algum documento, basta procurar por algum tradutor oficial para que faça o serviço.

Esse tipo de tradução é essencial para quem vai viajar ou morar em outro país, pois apenas esse serviço faz com que o seu documento seja válido.

Por fim, o que achou desse conteúdo? Foi útil para você? Ainda tem alguma dúvida? Deixe seu comentário!

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!